Contran suspende resolução contrária à Lei do Motorista

 

Com
isso, a Polícia Rodoviária Federal pode realizar a
fiscalização em caminhões e ônibus de passageiros e
multar quem descumprir a lei, que regulamenta a
profissão de motorista profissional.
Entre as regras definidas pela Lei do Motorista estão o
limite de oito horas de jornada, descanso de 11 horas
entre jornadas e intervalo na direção de meia hora a
cada quatro horas seguidas, além do controle obrigatório
do tempo trabalhado. O descumprimento gera multa,
pontos na carteira de habilitação e apreensão do veícul

agencia_brasilint

Com isso, a Polícia Rodoviária Federal pode realizar a fiscalização em caminhões e ônibus de passageiros e multar quem descumprir a lei, que regulamenta a profissão de motorista profissional. Entre as regras definidas pela Lei do Motorista estão o limite de oito horas de jornada, descanso de 11 horas entre jornadas e intervalo na direção de meia hora a cada quatro horas seguidas, além do controle obrigatório do tempo trabalhado. O descumprimento gera multa, pontos na carteira de habilitação e apreensão do veículo.

Fonte: Informativo FETRANSPAR nº74