Saídas de Fortaleza estão nos trechos de maiores riscos em BRs

2012br1210

O estudo deu pesos diferentes para tipos de acidentes, com ou sem vítima e, obviamente, com peso maior para os fatais. As três rodovias da União com as etapas mais violentas são: BR-101, em Santa Catarina, do km 200 ao km 210, no litoral Sul; BR-381, em Minas Gerais, do km 490 ao km 500, na estrada Fernão Dias; e a BR-116, em São Paulo, do km 220 ao km 230, da Nova Dutra.

Os dados foram divulgados no lançamento da terceira Operação RodoVida do Governo federal, com o objetivo de reduzir acidentes graves no país. A ação acontecerá especialmente nesses 100 trechos de 10 quilômetros com maior índice de gravidade: “Essa metodologia nos ajudou a concentrar a operação nesses trechos e tem dado certo”, afirmou o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

O Paraná é o campeão de trechos de 10 quilômetros entre o ranking dos 100 mais perigosos. O Estado tem 16 trechos violentos, seguindo por Santa Catarina com 12, e Rio de Janeiro e São Paulo, com 11. A Operação RodoVida começou ontem e vai até o dia 31 de janeiro. Retorna do dia 21 de fevereiro até o dia 9 de março, durante o período do Carnaval. (das agências de notícias)

Fonte: Diário do Nordeste