Autoridades discutem na AL soluções para minimizar roubos e furtos de cargas

audienciapublica

A prevenção, fiscalização e recuperação de cargas roubadas nas rodovias cearenses foram discutidas durante sessão solene, na tarde desta quinta-feira (06/06), na Assembleia Legislativa. Proposto pela deputada Eliane Novais (PSB), o encontro teve o objetivo de expor o problema à sociedade e escutar das autoridades o que está sendo feito para minimizar as ações das quadrilhas especializadas.

Eliane apresentou dados do Sindicado dos Caminhoneiros do Estado do Ceará do ano de 2010, em que foram apontados 12.850 roubos de cargas no território nacional. A estatística mostra o número de 35 ações por dia, com prejuízo de R$ 880 milhões. “O número é absurdo, essa estatística deve ter aumentado, sem falar que, atualmente, o Ceará ocupa o 3º lugar no ranking dos Estados com maior índice de roubos e furtos a cargas” esclareceu a deputada.

O presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística do Ceará (Setcarce), Clóvis Nogueira, afirmou que o problema só persiste porque existem os receptadores de cargas, e que uma solução para diminuir essas ações poderia ser a criação de uma delegacia especializada no assunto.

“Hoje existe uma máfia organizada que atua nesse mercado, pois, infelizmente, virou um negócio rentável. A polícia não conta com efetivo suficiente para combater esses roubos, e quando consegue prender alguma quadrilha, a carga já tem sido repassada. Com uma delegacia especializada, esse tipo de ação será prioridade para as equipes de inteligência”, afirma.

Já Ana Alzira Nogueira, do Ministério Público Estadual, falou do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, que através de trabalho investigativo, junto à Secretaria da Segurança e Defesa Social do Estado (SSPDS), conseguiu desarticular importante célula do crime organizado atuante no Ceará. “O nosso trabalho é preventivo, o intuito não é deixar o crime acontecer para depois investigar a quadrilha, e sim evitar que essa ação se concretize. Com as investigações, chegamos à conclusão que a delegacia precisa melhorar a infraestrutura e aumentar o efetivo para conseguir realizar um trabalho satisfatório” concluiu.

Em contrapartida, o titular da delegacia de Roubos e Furtos de Cargas e de Veículos, Dionísio Amaral, afirmou que em 2013 já foram efetuadas 170 prisões. “Estamos engajados para desarticular as quadrilhas especializadas em roubos a cargas, temos plena consciência que precisamos melhorar, no entanto, em 11 meses, já conseguimos desarticular 10 quadrilhas. Estamos esperando a abertura de concurso para novos inspetores, que serão destinados ao setor de inteligência da unidade”, acrescentou.

Também participaram da reunião o deputado Heitor Férrer (PDT); o comandante adjunto da Polícia Rodoviária Estadual, coronel Airton Ferreira Lima; representantes do Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran), Francisco Dias Cavalcante e do Sindicato dos Caminhoneiros do Estado do Ceará, José Tavares Filho.

Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa do Ceará