Gargalos da logística debatidos

2014-02-12 16.32.42O presidente da Associação Nordestina de Logística (Anelog), Fernando Trigueiro, esteve ontem no Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística no Estado do Ceará (Setcarce), onde falou sobre ‘Qualidade dos Serviços Logísticos’ e divulgou pesquisa sobre o assunto no Nordeste e no Ceará. Segundo o estudo, 30% do faturamento das empresas fazem parte do custo da cadeia de suprimentos. “Isto é o dobro das regiões Sul e Sudeste (15%), e quase três vezes mais que nos Estados Unidos ou nos tigres asiáticos (11%). Para aumentar seus lucros, as empresas precisam reduzir custos e investir em gestão logística”, disse.

Ele destacou que satisfazer o cliente é imprescindível, pois produtos existem em todo lugar, os preços são parecidos, mas a qualidade dos serviços prestados acaba sendo o grande diferencial para quem quer obter sucesso. “Competência para resolver problemas e velocidade no atendimento ao cliente, são os principais fatores que o levam a realizar negócios com uma empresa. Não se deve vender preço, pois assim encontramos compradores. Vendendo valor, conquistamos clientes”, destacou Fernando Trigueiro.

A diretora executiva da Reed Exhibitions Alcântara Machado, Tatiane Menezes, lançou, a Movimat Nordeste – Feira Internacional de Intralogística e a Tranporte & Logística Nordeste, que acontecerão de 25 a 28 de março, em Pernambuco. Os eventos são voltados para os setores de armazenagem, elevação, automação, embalagem, movimentação de empilhadeiras, transporte de mercadorias e serviços logísticos, com mais de 100 expositores, em 12.000 m² de área. “As expectativas são as melhores possíveis, pois as questões de transporte, logística e falta de mão de obra qualificada, são os principais gargalos do Nordeste. E nossas feiras regionais estão surpreendendo, tanto em número de visitantes, quanto de expositores”, afirmou.

Jornal: O Estado com edição do SETCARCE