CE – Preso chefe do bando que roubava cargas e animais

secretaria de segurancaINVESTIGAÇÃO: Após mais de dois meses de investigações, policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e cargas (DRFVC) prenderam um homem, identificado como Paulo Sérgio Domingos de Matos, mais conhecido pelo apelido de “Sérgio Banguela”. O titular daquela Especializada, delegado Dionísio Amaral, informou que a especialidade do bando comandado por “Sérgio Banguela” é roubo e cargas de alto valor e animais.

 

Animais de alta linhagem vinham sendo furtados ou roubados pela quadrilha em fazendas existentes na área entre a BR-222 e a CE-085
Durante as investigações, os inspetores da DRFVC descobriram que a quadrilha de “Sérgio Banguela” agia nas cidades, zonas rural e urbana, situadas entre a BR-222 e CE-085 (Rodovia Estruturante). Os caminhões que transportavam cargas valiosas eram atacados nessas estradas pelo bando armado.
Valiosos
A quadrilha ainda monitorava as fazendas de criações de gados bovinos, caprinos e ovinos. No caso do roubos dos animais, os ataques também realizados na estradas, quando os mesmos eram transportados.
O bando só roubava animais de grande valor de mercado. O gado tinha de estar com a vacinação em dia. Os criminosos tinham até conhecimento da linhagem dos exemplares.
A Polícia investiga a informação dando conta de que pessoas de acesso livre ás fazendas passavam informações privilegiadas aos bandidos, principalmente sobre vacinação e os dias de chegada ou saídas dos animais.
Existe a certeza de que os ladrões agiam por encomenda, tanto nos roubos de animais e das cargas valiosas.
O delegado Dionísio Amaral informou que as investigações não foram encerradas com a prisão de “Sérgio Banguela”
Segundo a autoridade policial, “Sérgio Banguela” comanda uma quadrilha numerosa. Dionísio Amaral frisa que as pessoas que passaram as informações sobre as cargas e os animais, logo que identificadas, serão indiciadas como partícipes das ações criminosas.
Outras quadrilhas
A DRFVC vem trabalhando em parceria com o Departamento de Polícia Especializada (DOPE) na investigação de quadrilhas responsáveis pelo roubo, furto e desmanche de veículos em Fortaleza e na região metropolitana. Vários suspeitos já foram identificados e são procurados.

Animais de alta linhagem vinham sendo furtados ou roubados pela quadrilha em fazendas existentes na área entre a BR-222 e a CE-085


Durante as investigações, os inspetores da DRFVC descobriram que a quadrilha de “Sérgio Banguela” agia nas cidades, zonas rural e urbana, situadas entre a BR-222 e CE-085 (Rodovia Estruturante). Os caminhões que transportavam cargas valiosas eram atacados nessas estradas pelo bando armado.


Valiosos


A quadrilha ainda monitorava as fazendas de criações de gados bovinos, caprinos e ovinos. No caso do roubos dos animais, os ataques também realizados na estradas, quando os mesmos eram transportados.


O bando só roubava animais de grande valor de mercado. O gado tinha de estar com a vacinação em dia. Os criminosos tinham até conhecimento da linhagem dos exemplares.


A Polícia investiga a informação dando conta de que pessoas de acesso livre ás fazendas passavam informações privilegiadas aos bandidos, principalmente sobre vacinação e os dias de chegada ou saídas dos animais.


Existe a certeza de que os ladrões agiam por encomenda, tanto nos roubos de animais e das cargas valiosas.


O delegado Dionísio Amaral informou que as investigações não foram encerradas com a prisão de “Sérgio Banguela”


Segundo a autoridade policial, “Sérgio Banguela” comanda uma quadrilha numerosa. Dionísio Amaral frisa que as pessoas que passaram as informações sobre as cargas e os animais, logo que identificadas, serão indiciadas como partícipes das ações criminosas.


Outras quadrilhas


A DRFVC vem trabalhando em parceria com o Departamento de Polícia Especializada (DOPE) na investigação de quadrilhas responsáveis pelo roubo, furto e desmanche de veículos em Fortaleza e na região metropolitana. Vários suspeitos já foram identificados e são procurados.