Entries by SETCARCE

Caos – Fortaleza, cidade parada pelo trânsito

Fortaleza, assim como outras cidades do Brasil, está atrasada na implantação de medidas de planejamento urbano

Uma cidade parada. Assim é Fortaleza há, pelo menos, 10 anos. Passar horas em um engarrafamento já faz parte da rotina diária dos fortalezenses. O estudante Wescley Santos da Costa leva 1h30 para chegar à faculdade. Ele mora na Avenida Bezerra de Menezes e faz, todos os dias, um dos itinerários mais complicados (avenidas 13 de Maio e Pontes Vieira) de transporte público. “Tenho que fazer um planejamento, sair de casa bem antes e ainda pego ônibus lotado”, revela. Já o advogado André Real prefere deixar o carro em casa e andar a pé. “É complicado usar automóvel”.

Negociações Trabalhistas 2011/2012

Ocorreu dia 02 de setembro na SRTE/CE, mais uma Reunião de Mediação Coletiva para negociar a Convenção Coletiva 2011/2012 entre o SETCARCE e o SINDICAM. Nesta sexta-feira, dia 09/09/2011, a Comissão de Negociação Trabalhista do SETCARCE e representantes do SINDICAM se reunirão na Superintendência Regional do Trabalho para mais uma negociação.

NOTA OFICIAL – PONTO ELETRÔNICO ADIADO PRAZO PARA O INÍCIO DA UTILIZAÇÃO OBRIGATÓRIA

NOTA OFICIAL – PONTO ELETRÔNICO

Nota Oficial

O Ministério do Trabalho e Emprego informa que:

Considerando o recebimento de recursos por parte de Confederações Patronais, no âmbito do Governo Federal, no sentido da reconsideração da data de início do Registro Eletrônico de Ponto – REP;

Considerando o firme compromisso do Governo Federal e deste Ministério em assegurar a efetiva conclusão do diálogo iniciado com diferentes setores da sociedade brasileira a fim de aperfeiçoar o Sistema Registrado Eletrônico de Ponto – SREP;

Resolveu alterar o prazo para o início da utilização obrigatória do REP, de 1º de setembro de 2011 para 3 de outubro de 2011.

Esta medida será publicada ainda hoje (01/09/2011) no Diário Oficial da União (DOU), em edição extra, através da Portaria 1752/11.

Ministério do Trabalho e Emprego

Assessoria de Comunicação Social

CONGRESSO LIMITA ATUAÇÃO DOS CORREIOS

Prezado Transportador,

É com grande satisfação que informamos a Vossa Senhoria que hoje (31/08) o transportador brasileiro obteve mais uma vitória no Congresso Nacional.

Encontrava-se em tramitação no Senado Federal a Medida Provisória nº 532/2011 que, dentre outros temas, estabelecia nova abrangência de atuação para a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), permitindo-lhe explorar os serviços de logística integrada.

Na tarde desta 4ª feira, após acalorados debates travados no Plenário do Senado Federal, o presidente da Confederação Nacional do Transporte – CNT, Senador Clésio Andrade, conseguiu convencer os demais Senadores do incalculável prejuízo que todo o Setor de Transporte no Brasil, principalmente o de Cargas, enfrentaria se fosse concedida aos Correios – entidade pública que já goza de ampla, geral e irrestrita imunidade tributária – permissão legal para atuar também no seguimento de logística.

A firme ação promovida pelo Senador Clésio Andrade, na defesa dos interesses legítimos do Transportador Brasileiro, possibilitou que o citado dispositivo contido na Medida Provisória nº 532/2011 fosse devidamente alterado e, posteriormente, aprovado, garantindo que este importante Setor da economia continue a desenvolver sua nobre missão, a de transportar.

Na oportunidade, reiteramos os nossos votos da mais alta estima e distinta consideração.

Atenciosamente,

VIRGÍLIO COELHO

Diretor Executivo

REUNIÃO SOBRE O TRÂNSITO DE FORTALEZA

O Presidente do SETCARCE, Clovis Nogueira Bezerra, reuniu-se hoje, dia 30/08/2011 na sede do SETCARCE com representantes de órgãos de trânsito de Fortaleza para discutir a logística do trânsito de Fortaleza e também o Projeto de Lei do Vereador Salmito Filho. O referido Projeto foi retirado de pauta no último dia 25, para que houvesse um estudo mais detalhado quanto à restrição prevista.

Haverá outra reunião na próxima semana para dar continuidade à discussão sobre o assunto.

TRANSPORTADORES SE REÚNEM PARA TRATAR SOBRE LICENÇAS AMBIENTAIS

Reuniram-se hoje, dia 30/08/2011 para tratar sobre as Licenças Ambientais Estaduais, representantes de transportadoras de cargas químicas e inflamáveis do Ceará. A Reunião foi conduzida pelo diretor da Cerama Transportes,Marco Massari, e trouxe à tona a problemática enfrentada por quem transporta para outros Estados e necessitam de licenças ambientais de cada Estado para transitar até o seu destino final.

Retirado de Pauta Projeto de Lei que proíbe tráfego de caminhões nas ruas de Fortaleza

A Câmara Municipal de Fortaleza cedeu as pressões das Entidades locais, SETCARCE, ACESU, ACAD, CDL, FACIC dentre outras, e retirou de pauta o Projeto de Lei Complementar que dispõe sobre a restrição da circulação, carga e descarga de veículos automotores pesados no município de Fortaleza.
O projeto de lei de autoria do vereador Salmito Filho (PT), foi retirado de pauta na Câmara Municipal, para discutir algumas alterações, dentre elas a delimitação do espaço onde aqueles veículos terão limitação de tráfego.

A proposta inicial, de 2009 e aprovada em primeira discussão na última terça-feira, 23, era restringir a circulação, carga e descarga de caminhões em Fortaleza de segunda a sexta-feira, no horário das 6 horas às 21 horas e, aos sábados, das 10 horas às 14 horas.

Salmito afirmou que deverá discutir com a Autarquia Municipal de Trânsito (AMC) os trechos em que a lei poderia ser aplicada, não se estendendo mais a todas as vias de Fortaleza.

Fonte: Jornal O Povo com edição do SETCARCE.

Comércio reage ante a restrição a caminhões

De autoria do vereador Salmito Filho, o projeto de lei que pretende restringir a circulação de caminhões na Capital já despertou a preocupação do setor comercial fortalezense. Para o presidente da Federação das Câmara dos Dirigentes Lojistas do Ceará (FCDL-CE) e empresário do setor supermercadista, Honório Pinheiro, se posto em vigor, o projeto deixaria a Cidade desabastecida. “Nós não temos outros tipos de transporte – fora os caminhões – suficientes para abastecer restaurantes, óticas lojas de calçados, material de construção e tantos outros estabelecimentos”, argumenta Pinheiro.