Entries by SETCARCE

Transportadores de cargas cobram melhorias em infraestrutura no país

Os empresários que participam do XIII Congresso Nacional Intermodal dos Transportadores de Cargas destacaram a importância de se construir uma melhor infraestrutura – com integração eficiente entre os modais – para potencializar o crescimento e a competitividade do setor de transporte. Eles estão reunidos em mais uma edição do evento promovido pela Associação Brasileira de Logística e Transporte de Carga (ABTC), que teve início nessa quarta-feira (19), em Maceió (AL).

O SETCARCE e a  BgmRodotec  tem o prazer de convidar para a palestra sobre Gestão de Conhecimento na busca de melhores resultados para empresas de transporte. Durante o evento sortearemos uma viagem de ida e volta a São Paulo para uma visita técnica às instalações da Bgm. O sorteado conhecerá o local onde se desenvolve […]

17 DE SETEMBRO – DIA NACIONAL DO TRANSPORTADOR RODOVIÁRIO DE CARGAS

Dia 17 de Setembro comemora-se o Dia Nacional do Transportador Rodoviário de Carga. Uma data importante para todos os profissionais que trabalham com o serviço de transporte de cargas pelo Brasil. O profissional da área de transporte rodoviário é fundamental para o funcionamento de um país já que ele é responsável pela movimentação de materiais, pessoas e animais de um determinado ponto a outro, todas as horas do dia e todos os dias da semana. É impossível não reconhecer a importância do setor. O SETCARCE PARABENIZA A TODOS QUE FAZEM PARTE DO SETOR DE TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS.

Fórum de Discussão sobre a Implantaçã​o do Serviço Rápido de Ônibus de Fortaleza – BRS – FOR

Presidente do SETCARCE, Clovis Nogueira Bezerra, participará do Fórum de Discussão sobre a Implantaçã​o do Serviço Rápido de Ônibus de Fortaleza – BRS-FOR que acontecerá na sexta-feira 14/09/2012 às 08:00 horas no Auditório do SEST SENAT. Haverá explanação do Presidente da ETUFOR, Professor Ademar Gondim, do Presidente do SINDIÔNIBUS, Dimas Barreira e do Presidente da CEPIMAR, David Oliveira.

NTC divulga estudo sobre impactos da Lei 12.619

Estudo sobre os impactos das exigências da Lei que regulamenta a profissão de motorista sobre os custos das Empresas de Transporte Rodoviário de Carga Fracionada, Lotação ou Grandes Massas e Contêiner.

No dia 17 de junho último, entrou em vigor a Lei 12.619, assinada pela Presidente Dilma Roussef, no dia 02 de maio de 2012, que trata da profissão do motorista, empregado ou autônomo. Seu impacto será sentido tanto nas relações empresa/empregado, como na forma de trabalho dos profissionais autônomos e nos negócios que envolvem o setor de logística, em especial nas atividades de transporte.

O fato é que, com a Lei, todas as operações de transporte sofrerão aumentos significativos e inevitáveis em seus custos por conta da queda na produtividade, redução do número de viagens, aumento da quantidade de veículos, etc.

Além disso, os prazos de entrega, hoje ajustados em contrato ou prometidos comercialmente, devem ser alongados uma vez que a jornada de trabalho do motorista, a partir da entrada em vigor da Lei, passa a ser controlada dentro de limites rígidos e bem definidos e com severas fiscalizações, que na sua maioria irão substituir as antigas práticas.

REALIZADA ELEIÇÃO DOS NOVOS DIRIGENTES DA CTLOG CEARÁ

Em reunião realizada no dia 06 de setembro na ADECE – Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará, a Câmara Temática de Logística do Ceará elegeu seus novos dirigentes para o período 2012/2013.

Presidente: José Lima Matos – representante da FIEC – Federação das Indústrias do Estado do Ceará, 1º secretário: Espedito Róseo Silva Júnior, represente do SETCARCE – Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística no Estado do Ceará e 2º secretário: Marco Massari, representante da CERAMA TRANSPORTES LTDA.

CONTRAMÃO Produção de caminhões cai 40% em 2012

A segunda maior vendedora de caminhões do país iniciará a semana com a linha de produção e montagem paralisada. A partir de hoje, cerca de nove mil funcionários da Mercedes-Benz irão ter folga coletiva
Enquanto os incentivos do Governo Federal têm impulsionado as vendas de automóveis de passeio e veículos leves, chegando a atingir patamares recordes de produção, o comércio de caminhões novos no Brasil tem percorrido o caminho inverso.
De janeiro a agosto deste ano, as montadoras reduziram, em quase 40%, a produção de caminhões. O saldo negativo, contabilizado pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), aponta para um acumulado de apenas 87,9 mil veículos produzidos no ano. Em 2011, foram 147 mil caminhões.